Telefone/WhatsApp: (84) 99911-9627

Queda nos números do comércio não prejudica otimismo para Black Friday


Postado em 16 de outubro de 2018 - 7:27h

Dados divulgados pelo IBGE evidenciam que as vendas do comércio continuam prejudicadas desde maio, ainda por conta da greve dos caminhoneiros. Em julho foi registrado queda de 0,5% das vendas no mercado brasileiro, se comparado ao mês anterior. Mesmo assim as expectativas para a Black Friday, com data em 23 de novembro, estão altas.

Segundo último levantamento do Google, 81% dos 1.500 entrevistados declararam que pretendem comprar durante a Black Friday. O número de pessoas que conhecem a data comercial subiu de 27% dos respondentes, em 2014, para 99,5% em 2018. Os novos compradores estão aumentando gradativamente e a classe C é que mais se insere nesses percentuais, seis entre dez pertenciam à classe C.

Para os pequenos e microempresários esta é uma oportunidade que traz muitas vantagens e possibilidades de aumento de vendas. Segundo Lars Leber, country manager da Intuit, é preciso se preparar o quanto antes. “Para uma ação eficiente é importante conhecer muito bem o próprio negócio e neste caso o controle das finanças pode ser um aliado fundamental na definição da estratégia comercial”, diz.

Fonte: Agora RN