Telefone/WhatsApp: (84) 99911-9627

Flamengo goleia Avaí no último jogo no Maracanã antes do Mundial


Postado em 6 de dezembro de 2019 - 6:44h

Insaciável. Assim pode ser definido o Flamengo de Jorge Jesus. E nesta quinta-feira (5) a equipe deu mais um exemplo disso. Mesmo jogando com um time misto, o Rubro-Negro manteve a sua pegada de sempre e fez 6 a 1 no Avaí, no Maracanã. Arrascaeta, Diego, Gabigol, Lincoln e Reinier, duas vezes, marcaram.

Lourenço descontou para o time catarinense. Com a vitória, o Flamengo chegou a incríveis 90 pontos no Campeonato Brasileiro.

Na última partida antes de voltar todo o seu foco para o Mundial, o Flamengo encara o Santos, no próximo domingo, às 16h, na Vila Belmiro. No mesmo dia e horário, o Avaí recebe o Athletico-PR, na Ressacada.

Mesmo com um time misto em campo, o Flamengo não mudou seu padrão de jogo, se impôs naturalmente e não demorou para abrir o placar. Aos 10 minutos, em cobrança de falta, o Rubro-Negro fez a mesma jogada ensaiada do segundo gol contra o Vasco, no último clássico. E deu certo, de novo. Arrascaeta rolou para Rafinha, o lateral-direito cruzou para a área, Lincoln ajeitou e o uruguaio apareceu para mandar para as redes.

O Flamengo continuou em cima, mas o Avaí contou com a sorte para empatar aos 21. Lourenço ficou com uma sobra na entrada da área e finalizou forte. A bola bateu na trave, nas costas de César e entrou no gol.

Após sofrer o empate, o Flamengo seguiu jogando em cima. E, então, continuou o espetáculo de quarteto Diego, Everton Ribeiro, Arrascaeta e Gabigol. Primeiro, aos 36, Diego pegou uma sobra, finalizou, a bola desviou em Marquinhos Silva e encobriu Vladimir. Logo dois minutos depois, Gabigol arriscou de longe, o goleiro demorou para cair e o Flamengo ampliou para 3 a 1. Mesmo sem marcar, Everton Ribeiro comandou o meio de campo rubro-negro.

Na volta do intervalo, sem nada a perder, o Avaí tentou sair para o ataque e o jogo ficou aberto. Melhor para o Flamengo. Aos 11, após troca de passes entre Gabigol e Arrascaeta, a bola sobrou para Lincoln, que finalizou no canto e marcou o quarto. Pouco depois, Reinier entrou no lugar do próprio camisa 29 e também deu o seu show. O garoto de 17 anos marcou duas vezes. Aos 38, após tabela com Diego. E, aos 43, aproveitando cruzamento de Rafinha e fazendo 6 a 1 para o Flamengo. Não precisou nem de acréscimos. Foi o suficiente para a torcida fazer a festa e até uma previsão: ‘Liverpool, pode esperar, a sua hora vai chegar”.

Fonte: R7