Telefone/WhatsApp: (84) 3412-4414

Laudo comprova violência sexual no corpo da adolescente Karoline Oliveira


Postado em 17 de janeiro de 2020 - 8:24h

Após cinco meses de espera, sai o laudo comprovando a violência sexual no corpo da estudante Karoline Oliveira, de 16 anos, encontrada morta após ser raptada, no 5 de agosto, em Goianinha, quando se dirigia a uma Lan House.

O laudo positivo dá subsídios para a incriminação do suspeito, o caminhoneiro José Cabral Santos (Josué) de 34 anos que segue preso desde o dia 29 de agosto e nega as acusações. A prisão dele foi realizada graças ao rastreamento do celular da estudante que se encontrava com o caminhoneiro, preso em Recife.

O caso está sob investigação da polícia civil de Mamanguape, na Paraíba, onde o corpo foi encontrado, no dia seguinte, no distrito de Capim. Na época, o atestado de óbito constaram perfurações no tórax e pescoço e lesões pulmonares, cardíacas e vasculares.

Fonte: Portal da Tropical