Telefone/WhatsApp: (84) 99911-9627

RN tem cinco casos suspeitos para coronavírus e um em investigação


Postado em 27 de fevereiro de 2020 - 16:12h

Já são cinco os casos notificados como suspeitos para o coronavírus no Rio Grande do Norte, segundo informa em nota a Sesap – Secretaria de Estado de Saúde Pública do Rio Grande do Norte. Na quarta-feira (26), eram apenas três pacientes sob investigação para a doença, mas, na manhã desta quinta-feira (27), dois deles foram notificados como suspeitos, o outro continua indefinido e três novos casos foram classificados com a suspeição.

A nota informa que todos os pacientes foram atendidos, fizeram os exames e seguem em isolamento domiciliar no aguardo da confirmação ou descarte do diagnóstico de infecção por coronavírus (COVID 19). Assim devem permanecer se não houver agravo do caso ou até que se recuperem por completo. Um dos problemas que podem fazê-los retornar ao hospital e até serem internados seria o agravamento por consequência de insuficiência respiratória, característica da infermidade.

Devido ao surgimento das suspeitas da doença e o aumento do número delas, a Sesap e as equipes de Vigilância Epidemiológica Municipais deram início às primeiras medidas de investigação e monitoramento do coronavírus, seguindo o plano de Contigência Estadual para o COVID 19. O plano foi elaborado desde fevereiro quando o vírus começou a ganhar proporções mundiais e as suspeitas chegaram ao Brasil e, segundo informa a secretaria de saúde do estado, foi amplamente difundido entre os profissionais de saúde que já se preparam para identificar os pacientes que podem apresentar os sintomas para a doença.

A Sesap também pede às pessoas que possuem histórico recente de viagens aos países onde há locais de contaminação como (China; Japão; Irã; Vietnã; Camboja; Tailândia; Coreia do Sul; Coreia do Norte; Singapura; Alemanha; Austrália; Emirados Árabes; Filipinas; França; Itália e Malásia), ou que tiveram contato com caso suspeito ou confirmado para o coronavírus, procurem atendimento nos serviços de saúde mais próximos da residência. “É necessário que sejam adotadas as medidas de precaução e principalmente que, diante da apresentação de sinais e sintomas, que sejam evitados locais públicas”, diz a nota.

Os cinco pacientes em observação no RN passaram pela Itália. No Nordeste, somam-se oito casos suspeitos, na Paraíba um homem de 59 anos, em Pernambuco três pessoas têm o quadro de saúde notificados com a suspeição, uma mulher de 51 anos e dois homens de 41 e 24 anos. Em Fortaleza, há um caso em investigação, os resultados dos exames devem ser apresentados na tarde desta quinta-feira (27). No Nordeste as suspeitas surgiram no início da semana.

Fonte: Portal da Tropical