Telefone/WhatsApp: (84) 3412-4414

RN registra primeira morte por coronavírus


Postado em 30 de março de 2020 - 9:15h

O Rio Grande do Norte registrou, neste sábado (28), a primeira morte causada pelo novo coronavírus (Covid-19). A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde Pública e pela Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró. A vítima é o professor Luiz Di Souza, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), de 61 anos. Ele tinha histórico de diabetes e teve contato com caso suspeito.

De acordo com a nota da Sesap, o paciente deu entrada em hospital privado na cidade de Mossoró no dia 21 de março. Na última sexta-feira (27), teve a confirmação que estava com a Covid-19, indo a óbito na noite deste sábado.

“O Governo do RN e a Prefeitura de Mossoró se solidarizam com a família e desejam força para superar esse difícil momento”, ressaltou na nota. “A morte de um potiguar por Covid-19 reforça o que tem sido recomendado diariamente: a população que pode, deve ficar em casa, e todos devem seguir as orientações das autoridades sanitárias. Esse período exige de cada um de nós consciência e responsabilidade”, acrescentou a secretaria.

A Uern também lamentou a morte do professor em nota de pesar. “A Universidade se solidariza com a família, amigos e alunos do professor Luiz Di Souza, agradecendo sua dedicação e o relevante trabalho em todos esses anos”, destacou.

Lotado no Departamento de Química, da Faculdade de Ciências Exatas e Naturais (FANAT), o professor Luiz Di Souza trabalhou durante mais de 20 anos na Uern, contribuindo com a graduação, iniciação científica, extensão e pós-graduação da UERN. Entre seus projetos, destaca-se o grupo Fanáticos da Química, que utiliza a linguagem lúdica na popularização da Ciência.

Fonte: Portal da Tropical