Telefone/WhatsApp: (84) 99911-9627

Coronavírus: Secretaria de Saúde cogita 300 mortos em 30 dias


Postado em 3 de abril de 2020 - 15:45h

O Rio Grande do Norte pode ter 300 mortes por coronavírus em 30 dias. A afirmação foi feita pelo secretário-adjunto da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Petrônio Spinelli, em entrevista coletiva no início da tarde desta sexta-feira (3).

“Quando a gente pega esses números atuais, a gente já projeta possibilidade de ter 300 mortos em 30 dias. Nós não temos a precisão desses números, pois nós vamos estudar com mais elementos”, declarou.

Spinelli reforçou que a melhor forma de conter o avanço da doença é o isolamento social, mantendo a população em casa. “As pessoas precisam ficar em casa. Isso é muito mais importante do que tudo o que estamos fazendo aqui na secretaria”, acrescentou.

O número de subnotificações também causa preocupação para o secretário-adjunto da Sesap. “O Brasil tem uma subnotificação muito grande. É importante dizer que isso atrapalha a projeção. Para cada notificado, quantos não foram?”, questionou. Ele continuou: “A questão essencial que nós precisamos ter é que precisamos colocar todos os nossos leitos à disposição de forma progressiva”.

De acordo com a Sesap, os leitos serão abertos de acordo com a demanda e a prioridade analisadas pela pasta. “Nós temos prioridades. Nesta semana, a prioridade foi abrir de 25 a 29 leitos no Giselda Trigueiro e abrir o Hospital Municipal de Natal. Na próxima semana, a prioridade é o Hospital da Polícia. Na outra, o João Machado. É uma progressividade para correr na frente da epidemia. Mas isso não dá garantia nenhuma”, finalizou Spinelli.

Nesta sexta-feira (3), o Rio Grande do Norte registrou a quarta morte por coronavírus. Até aqui, são três óbitos em Mossoró e um em Natal. Além disso, o estado tem 176 casos confirmados.

Fonte: Portal da Tropical