Telefone/WhatsApp: (84) 3412-4414

Em meio à pandemia, apreensão de drogas aumenta 22% no país


Postado em 15 de maio de 2020 - 6:47h

Mesmo com a pandemia de coronavírus, a fiscalização contra o tráfico de drogas no país não tem trégua. As apreensões de cocaína realizadas pela Receita Federal ultrapassaram 20,7 toneladas no período de janeiro a abril deste. O volume é 22,5% superior ao registrado no primeiro quadrimestre do ano passado, quando foram apreendidas 16,8 toneladas.

Em apenas três ações foram registradas 15,5 toneladas, o que representa quase 75% das quantidade total apreendida. Essas ocorrências foram nos portos de Santos (8 toneladas), Paranaguá (3,8 toneladas) e Salvador (3,7 toneladas).

No dia 30 de abril, uma carga regular de caixas contendo folhas de papel escondia 370 kg de cocaína no porto de Santos. O material, que tinha como destino final o Porto de Valência, na Espanha, foi apreendido após passar por inspeção por escâner e de cães farejadores.

A Receita Federal atribui o crescimento das apreensões de cocaína ao aperfeiçoamento dos procedimentos, além da utilização de equipamentos de ponta como escâneres e da atuação das equipes que utilizam cães de faro na fiscalização.

Fonte: R7