Telefone/WhatsApp: (84) 99911-9627

Gás de cozinha pode chegar a R$ 97 no RN, diz sindicato


Postado em 3 de março de 2021 - 6:59h

Gás de cozinha puxa a inflação de setembro em Brasília Cruzeiro, Brasília, DF, Brasil 13/10/2015 Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília Com variação de 19,23% no valor do botijão, o gás de cozinha contribuiu diretamente para o aumento da inflação no Distrito Federal em setembro.

O gás de cozinha, no botijão de 13 kg, pode chegar aos R$ 97 no Rio Grande do Norte já a partir desta quarta-feira (3). No entanto, é possível que o consumidor já encontre o produto pelo novo valor ainda nesta terça-feira (2). A informação foi confirmada pelo presidente do Singás-RN, Francisco Santos, em entrevista ao RN no Ar, da TV Tropical.

Com mais um aumento anunciado pela Petrobras, o preço do produto, que já estava elevado, vai aumentar em média entre R$ 5 e R$ 6. “Novamente nós fomos surpreendidos por mais um aumento. Essé o 13º aumento consecutivo e terceiro em 2021. Nós calculamos que a partir de amanhã, quando os estoques forem reabastecidos, esse aumento chegará ao consumidor”, declarou Santos.

De acordo com o gestor do Singás, esse aumento se deve pela política de preços adotada pela Petrobras. Ele ainda criticou a falta de concorrência no mercado dominado pela estatal. “Enquanto não tiver concorrência, já que a Petrobras tem 100% de mercado, o preço que ela colocar, a gente vai ter que comprar. O que não concordamos é com a política de dolarização. Com a mudança de comando, há uma tendência para isso acabar”, finalizou.

Fonte: Portal da Tropical