Começa a valer novo limite de 1,80% para juros do consignado do INSS

Foto: EDU GARCIA/R7

O novo teto da taxa de juros de 1,80% ao mês para empréstimos consignados a aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começa a valer nesta terça-feira (12). A medida foi aprovada pelo CNPS (Conselho Nacional de Previdência Social) no último dia 4 de dezembro.

O limite para o empréstimo com desconto em folha caiu de 1,84% para 1,80% ao mês. Já para as operações na modalidade de cartão de crédito e cartão consignado de benefício, o índice máximo caiu de 2,73% para 2,67% ao mês.

O consignado é oferecido a quem tem aposentadoria ou pensão creditada em conta-corrente. Pelo fato de o valor ser descontado diretamente na folha de pagamento, trata-se de uma opção de empréstimo fácil e com juro baixo.

Atualmente, 16.995.121 aposentados e pensionistas têm algum empréstimo consignado ativo. O número equivale a quase metade do total de beneficiários do instituto.

Segundo o Ministério da Previdência Social, a partir de agora os bancos e instituições financeiras ficam proibidos de ofertar empréstimos e cartões consignados com taxas superiores aos novos tetos.

O ministério afirma que as mudanças acompanharam a redução da taxa básica de juros (Selic) decidida pelo Copom (Comitê de Política Monetária, do Banco Central). A Selic está em 12,25% ao ano e deve cair mais 0,50 ponto percentual após reunião do comitê nesta quarta-feira (13) e fechar o ano a 11,75%.

R7

Postado em 12 de Dezembro, 2023