Vacina contra covid-19 para crianças entra no Calendário de Vacinação

Foto: Reprodução

A vacina contra covid-19 para crianças de seis meses a menores de cinco anos faz parte, a partir de agora, do Calendário Nacional de Vacinação.

Com essa mudança, o Ministério da Saúde passa a recomendar uma dose anual ou semestral para grupos prioritários, com cinco anos de idade ou mais, e maior risco de desenvolver formas graves da doença, independentemente do número de doses prévias recebidas.

Também poderão se vacinar, pessoas com mais de cinco anos, mesmo não fazendo parte dos grupos prioritários, que não foram vacinadas antes ou receberam apenas uma dose.

Renato Kfouri, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, ressalta a importância da vacinação das crianças até dois anos.

“Na covid-19 existe um grupo que não teve nenhuma experiência ainda com vacinas, não teve a oportunidade de se vacinar, e nem de se expor ao vírus. São justamente as crianças que vêm nascendo nos dois últimos anos. Porque essas crianças nasceram no momento da pandemia controlada, não tiveram exposição ao vírus e nem foram vacinadas adequadamente. Esse hoje representa um dos principais, além dos maiores de 80 anos, grupos de maior risco para hospitalização”, explica Kfouri.

Quem quiser consultar a sua situação vacinal, pode conferi-la pelo aplicativo ConecteSUS Cidadão. O registro de vacina também é feito no Cartão de Vacinação em papel, pelo profissional de saúde. Quem não tiver acesso ao aplicativo, pode procurar uma unidade de saúde e verificar por lá. Para isso, devem ser apresentados documentos pessoais ou o Cartão do SUS ao profissional de saúde para conferência.

Agência Brasil

Postado em 2 de Janeiro, 2024