Câmara aprova urgência de projeto que amplia faixa de isenção do imposto de renda para até dois salários mínimo

Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputado

A Câmara dos Deputados aprovou a urgência do projeto de lei que amplia a do Imposto de Renda (IR) quem ganha até dois salários mínimos, ou seja, R$ 2.824 por mês. O teto de isenção, que estava congelado em R$ 1.903,98 desde 2015, subiu em 2023 para R$ 2.640,00 mensais. O PL também garante que a isenção se manterá para dois salários em 2025.

A nova isenção do IR já está valendo e vai ser aplicado no salário do trabalho no pagamento previsto até 5º dia útil do mês de março. Isso porque o governo também publicou medida provisória definindo temporariamente a ampliação. Ou seja, os rendimentos auferidos no mês de fevereiro com pagamento em março já se enquadram na nova regra.

Cerca de 2 milhões de pessoas deixarão de pagar imposto de renda. Acumulando, no total, 15,8 milhões de brasileiros, segundo dados da Fazenda. Por enquanto, o governo mantém as demais faixas e regras do Imposto de Renda. Mais mudanças devem vir em projeto de reforma do IR, ainda sem data.

O Globo

Postado em 28 de Fevereiro, 2024