Nova biografia celebra 80 anos de Chico Buarque

O cantor e compositor carioca Chico Buarque, 79, terá uma nova biografia não-autorizada sobre ele publicada na próxima segunda-feira (6). A obra celebra seus quase 80 anos a partir de seis aspectos de sua vida pública e privada: política, literatura, fama, polêmicas, censura e futebol.

“Trocando em miúdos: seis vezes Chico” foi escrito pelo jornalista vencedor do prêmio Jabuti Tom Cardoso e será publicada pela editora Record.

A narrativa tecida por Cardoso explora experiências de Chico desde os embates com a censura durante os anos sombrios da ditadura militar até os aspectos mais íntimos de seus processos criativos.

Não autorizada, a biografia reúne depoimentos de pessoas próximas do cantor, como a filha Silvia Buarque, entrevistas e uma extensa pesquisa bibliográfica para apresentar ao leitor o retrato múltiplo de um dos maiores artistas vivos da cultura popular brasileira.

Filho do historiador Sérgio Buarque de Holanda e da intelectual Maria Amélia Buarque de Holanda, Chico Buarque se destaca por composições musicais, mas também no teatro, literatura e ativismo político.

Este livro será mais uma biografia escrita por Tom Cardoso, que também já publicou perfis profundos de Caetano Veloso, Nara Leão e do jogador de futebol Sócrates.

“Eu amo as biografias do Tom. Por causa dele, me apaixonei pelo Tarso de Castro, virei torcedora retroativa do Sócrates, e coloquei a capa da Nara ao lado da foto do meu pai. Isso sem falar no Caetano, que tenho a sorte de amar em vida”, diz Maria Ribeiro na orelha do livro.

CNN

Postado em 17 de Junho, 2024