Sem jogar bem, Brasil empata com a Colômbia e avança na Copa América

Novamente sem encantar e ainda com problemas, o Brasil confirmou a classificação para as quartas de final da Copa América. A Seleção Brasileira empatou com a Colômbia por 1 a 1, nesta terça-feira (2/7), pela terceira rodada do grupo D, em Santa Clara (EUA). Raphinha abriu o placar, mas Muñoz no fim do primeiro tempo deixou tudo igual. A Seleção de Dorival teve até um primeiro tempo com chances, mas apagou na segunda etapa.

Com o resultado, o Brasil fica na segunda posição, com cinco pontos, enquanto a Colômbia permanece na primeira posição do grupo D da Copa América. A Seleção, agora, enfrenta o Uruguai no sábado, às 22h, em Las Vegas (EUA). Se a Canarinho passar, pode reencontrar a Colômbia ou pegará o Panamá.

Chances e gols
As melhores seleções do grupo fizeram um duelo intenso no primeiro tempo. Antes dos 10 minutos, tanto Brasil como Colômbia já criaram chances no ataque. Aos 11 minutos, em bela cobrança de falta, o atacante Raphinha colocou a bola onde a coruja dorme. O goleiro chegou a encostar, mas não teve força para afastar. Mas os colombianos não se abateram e começaram a gostar do jogo. Sánchez cabeceou para o fundo da rede, mas o VAR invaliou o gol que seria de empate. E já nos acréscimos, Paquetá cochilou na marcação, e James tocou no pivô para Cordoba, que deu grande passe para Muñoz deixar tudo igual no placar. A equipe brasileira, aliás, caiu de rendimento após abrir o placar.

Brasil varia pouco e comete erros
Na volta para a segunda etapa, a Seleção Brasileira procurou construir as jogadas mais vezes, porém encontrou a forte marcação da Colômbia. Os brasileiros tiveram mais posse de bola, mas com poucas jogadas individuais e variações táticas. O time ficou estático e cometeu alguns erros de saídas de bolas. Os colombianos, por sua vez, diminuíram o ritmo no início, mas ganharam confiança no decorrer do jogo. Tanto que os adversários ficaram quase dois minutos trocando passes e com gritos de ‘olé’ da torcida. Borré, que entrou no segundo tempo, perdeu um gol inacreditável. No fim, Andreas Pereira teve uma chance, mas o goleiro defendeu.

BRASIL 1 X 1 COLÔMBIA

3ª rodada do Grupo D da Copa América

Data e hora: 02/07/2024, às 22h (de Brasília)

Local: Levi’s Stadium, Santa Clara (EUA)

BRASIL: Alisson; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Wendell (Endrick, 40’/2ºT); João Gomes (Éderson, 27’/2ºT), Bruno Guimarães (Douglas Luiz, 40’/2ºT) e Lucas Paquetá (Andreas Pereira, intervalo); Rodrygo (Savinho, 27’/2ºT), Vini Jr e Raphinha. Técnico. Dorival Júnior.

COLÔMBIA: Vargas; Muñoz, Sánchez, Carlos Cuesta e Deiver Machado (Mojica, intervalo); Lerma e Richard Ríos (Matheus Uribe, 29’/2ºT); Arias, James Rodríguez (Carrascal, 35’/2ºT); Córdoba (Borré, 30’/2ºT) e Luis Díaz (Sinisterra, 43’/2ºT). Técnico: Néstor Lorenzo.

Gols: Raphinha, 11’/1ºT (1-0); Muñoz, 47’/1ºT (1-1)

Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)

Auxiliares: Jorge Urrego (VEN) e Alberto Ponte (VEN)

VAR: Mauro Vigliano (ARG)

Cartão amarelo: Danilo, João Gomes e Vini Jr, Bruno Guimarães (BRA), Deiver Machado, Lerma (COL)

Cartão Vermelho: –

TERRA

Postado em 3 de Julho, 2024